24 de agosto de 2019

Franca

PM apreende agrotóxicos avaliados em R$ 1 mi em sítio

Uma denúncia anônima levou policiais militares ao encontro de agrotóxicos avaliados em R$ 1 milhão, ontem de manhã, em Cristais Paulista. Um homem foi detido para prestar esclarecimentos na delegacia.

Franca 03/10/2018 - Repórter: Marcella Murari
Foto de: Dirceu Garcia/Comércio da Franca
Os agrotóxicos foram apreendidos em fábrica clandestina nessa terça-feira, em Cristais Paulista
Uma denúncia anônima levou policiais militares ao encontro de agrotóxicos avaliados em R$ 1 milhão, ontem de manhã, em Cristais Paulista. Um homem foi detido para prestar esclarecimentos na delegacia. 
 
A apreensão aconteceu em uma chácara localizada na rua dos Ipês, no Conjunto Alvorada, após uma denúncia feita ao Copom (Centro de Operações da Polícia Militar). Os policiais foram até o endereço indicado e, lá, se depararam com o suspeito, que tem 39 anos e mora no Jardim Vera Cruz, em Franca. 
 
“Ele não ofereceu nenhum tipo de resistência quando chegamos e permitiu que entrássemos. Já de imediato afirmou que a casa estava lotada de agrotóxicos”, explicou o cabo Pádua.
 
Em revista pelo imóvel, os PMs localizaram diversas caixas, sendo que algumas já estavam embaladas e outras ainda abertas, bem como vários frascos, máquinas, sacos, rótulos, embalagens e caixas d’água com produtos. Além disso, a carroceria de uma caminhonete estava carregada com agrotóxicos.
 
Ainda de acordo com o policial militar, o próprio suspeito afirmou que os agrotóxicos estão avaliados em R$ 1 milhão e que, ali, funcionava uma fábrica para armazenamento dos produtos. Ele prestou depoimento na delegacia de Cristais Paulista e forneceu sua versão dos fatos. 
 
Para conseguir transportar toda a carga, a PM precisou de dois caminhões da Prefeitura. Tudo foi apreendido e uma amostra será submetida à perícia nos próximos dias. Agora, o responsável pode ser indiciado por crime contra a saúde pública e responder administrativamente pelo delito.


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS