20 de outubro de 2020

Franca

PROTESTO

'Ninguém imaginava que Franca ia chegar a este ponto', diz Vergara sobre falta de leitos de UTI Covid

Proprietários e funcionários de autoescolas foram até a Prefeitura se manifestarem contra o que classificam como “falta de atitude” do governo Gilson de Souza (DEM).

Franca 13/08/2020

Luiz Vergara, assessor da Prefeitura, em conversa com proprietários e funcionários de autoescolas

Pressionado por proprietários e funcionários de autoescolas, durante protesto nessa quarta-feira, 12, na Prefeitura, o assessor de políticas públicas da Secretaria de Saúde, Luiz Vergara, disse que a falta de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes do Covid-19 não era esperada no início da pandemia e questionou também a instalação de vagas em cidades pequenas da região, citando Igarapava e Ipuã.

Os trabalhadores foram até a Prefeitura se manifestarem contra o que classificam como “falta de atitude” do governo Gilson de Souza (DEM). Eles cobraram mais fiscalização para que todos respeitem as regras da quarentena e o município instale mais leitos de UTI, para que Franca avance nas fases de flexibilização da quarentena e as autoescolas possam voltar a funcionar.

“O nosso protesto aqui, hoje, é porque nós estamos parados há cinco meses, não estamos conseguindo trabalhar, não estamos conseguindo manter as nossas famílias”, disse o representante das autoescolas, José Ricardo.

Ele destacou que o comércio de Franca está funcionando normalmente. “Você vai no Centro, está tudo aberto. Se você vai aqui na avenida Presidente Vargas, está tudo funcionando. E nós estamos parados por falta de atitude da Prefeitura, porque a Prefeitura não fiscaliza, a Prefeitura não aumenta a quantidade de leitos e, com isso, a gente não sai da nossa fase.”

Vergara disse que a fiscalização não é responsabilidade dele e sugeriu que o grupo falasse com o chefe da Vigilância, Felipe Granzotti. Os manifestantes discordaram.

“O nosso maior problema é esse: não ter atitude da Prefeitura. O prefeito está querendo agradar a todo mundo e não está fiscalizando. Tem loja aberta todo dia, como se estivesse normal. Com isso, nós estamos sofrendo, estamos perdendo as nossas empresas. Estamos falindo, por falta de poder trabalhar”, disse José Ricardo.

 

Leitos

Sobre os leitos de UTI, Vergara destacou que Franca passou de 17 para 27 vagas, com as 10 compradas pela Prefeitura da Santa Casa. Disse que o município comprará mais 10. “Acabo de protocolar agora, o município e o Estado vão fazer outra parceira: o Estado libera os respiradores e a Prefeitura banca mais 10 leitos. Franca vai passar a 37 leitos.”

Questionado sobre o motivo de não ter instalado esses leitos antes, Vergara respondeu: “Depende de recursos do governo federal, do governo estadual... E posso confessar a vocês, isso é o que nós pensamos: ninguém imaginava que Franca ia chegar a este ponto”.

Os donos e funcionários de autoescolas discordaram do assessor de Gilson. Então, ele questionou a política do Estado de instalar mais leitos de UTI Covid nas cidades da região.

“Olha Igarapava, nós somos contra. O Estado mandou 10 respiradores. Eu conheço a Santa Casa da porta da frente à porta do fundo, porque é muito pequena. E não tem condição de instalar 10 leitos de UTI, mas foram 10 respiradores para lá”, disse Vergara.

Alguns dos manifestantes responderam: “Lá tem prefeito”.

O assessor continuou. “E outra coisa, mais 10 (respiradores) vão para Ipuã, que não tem condição. Morro Agudo tem cinco leitos prontos e não mandaram respirador. (...) O que eu não concordo de ter ido para Igarapava, porque médico nenhum vai querer sair de Franca ou Ribeirão Preto para ir para lá...”, explicou ele, afirmando que “equipe em Franca não é o problema”.

Vergara defendeu que “não é do prefeito” a culpa de Franca estar na fase Vermelha. “Tudo que nós acertamos, fizemos. Vieram os primeiros 10 leitos, pagou e já está em funcionamento. Virão mais 10 respiradores e o prefeito vai pagar.”

Teoricamente, na fase Vermelha podem funcionar apenas comércio e serviços essenciais. Mas em Franca, com pouca fiscalização, lojas, salões de cabelereiro e academias, exemplos citados pelos manifestantes, estão atendendo clientes “como se não houvesse quarentena”.

Para eles, o desrespeito às regras de isolamento faz com que o vírus continue circulando na cidade, a contaminação não recue e, assim, Franca não saia do “vermelho”.

 

Promessa do Estado

No início deste mês, o Estado prometeu dobrar a quantidade de leitos de UTI Covid na região de Franca, com a instalação de mais 5 em Ituverava; 10 em Ipuã; 10 em Igarapava; e 5 em São Joaquim da Barra. O investimento anunciado é de R$ 4,32 milhões.

Na semana passada, a Santa Casa de Franca apresentou plano ao Governo do Estado de transformar 10 leitos de enfermaria em UTI. A Prefeitura ficou de bancar a manutenção dessas vagas, ao custo de R$ 1,44 milhão. Mas, segundo o hospital, para a instalação dos leitos é necessário que o Estado envie os equipamentos.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Andreia
    13/08/2020 6 Curtiram
    Se franca continuar com as lojas abertas não vamos conseguir sair dessa
  • Francisco
    13/08/2020 2 Curtiram
    Nada de útil para o povão. Jogo político
  • Paula
    13/08/2020 4 Curtiram
    Nao imaginava ne....se liberaram o povo trabalhar...isso vcs sabiam sim que iria acontecer. A cidade é grande..atende municipio e vs nao imaginavam.!!!!! Se liberaram o trabalho que seja para todos....falta de planejamento...falta governo aqui...e tem mais viu nao é so fuscalizacao em bares ..festas nao...o mercados tbm estao cheios. .mto idosos na rua e vcs nao tem fiscalizacao...me poupe
  • Carlos
    13/08/2020
    É u cara de pau mesmo esse verme.
  • Dorival
    13/08/2020 4 Curtiram
    Incopetentes tinha ter desde abril . A cidade abrange toda região . principalmente minas . Acabaram com a cidade . Falida e as indústrias fechadas.
  • L
    13/08/2020 1 Curtiu
    Faltou previsão.
  • Edilson
    13/08/2020 2 Curtiram
    Prefeito de Franca completamente incompetente, nomeia um assessor pior ainda, este tal Vergara, ou Vergonha!!? Dois despreparados, vamos acordar Francanos ( unica cidade no vermelho) por causa destes incompetentes!!
  • Antonio
    13/08/2020 1 Curtiu
    A incompetência deste prefeito e seus assessores, levou Franca a esta situçao vergonhosa, UNICA CIDADE NO ESTADO que a cada dia aumentam os casos, que fique de liçao pra Franca, para que expurgem este Gilson e Vergara ora sempre da administraçao publica de Franca! IMCOMPETENTES!!! VIGARISTAS
  • Mário
    14/08/2020 5 Curtiram
    A reclamação é justa. Quem é honesto e está respeitando a quarentena está sendo prejudicado há meses, porque não estão “dando jeitinho” para abrir. Os malandros desonestos que estão funcionando sem permissão estão deixando a cidade na fase vermelha eternamente.
  • Douglas
    14/08/2020 1 Curtiu
    Gilson foi um dos primeiros a instalar a quarentena e a grande maioria no começo aderiu mas depois vieram protestos e o povo resolveu não respeitar mais, só que o problema maior são as pessoas de outros municípios que vem doentes para franca. Não é só fiscalizar e os doentes q vem de fora para a cidade?
  • Jane
    14/08/2020 1 Curtiu
    Acho que só vc não sabia, pq já era sabido. Uma cidade despreparada para tudo. Os comerciantes mandam e desmandam. A falta de leito já existia. Cidade sem exemplo. Medo dos comerciários a cidade esta em caos. LOCKDOW. Cidades bem menores estão se precavendo e por causa de Franca estão \"pagando o pato\". Incompetência.
  • jorge
    15/08/2020
    30 anos na politica e diz que não sabia,isso é pensar que os o povo é otario
  • Alessandra
    15/08/2020
    Pelo Amor de Deus povo vamos acordar ..... Infelizmente nossa cidade não tem comando vejam Ribeirão Preto saiu do vermelho direto para o Amarelo sem nem passar pelo laranja. Não é possível continuarmos assim ninguém toma nenhuma atitude e TDS querem crucificar o comércio não são os comerciantes os errados a culpa e dos Vereadores e TDS que tem um cargo político na cidade Principalmente o Prefeito...... No Estado de são Paulo inteiro só nossa região e de registro perto do Rio estão no Vermelho o resto saíram TDS ...... Se os Políticos não se sacudirem nós vamos ficar assim até Deus sabe onde!!!
Veja mais Local

CLIMA EM FRANCA

22°
19°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2309
    Sorteio: 09, 11, 29, 30, 33, 60 Data: 17/10/2020
  • Quina: 5394
    Sorteio: 15, 22, 30, 48, 73 Data: 19/10/2020