20 de outubro de 2020

Artes

Taís Araújo não vai interpretar Joana D'arc pela cor da pele

A justificava pela decisão movimentou o cenário artístico. A cor de sua pele foi determinante.

Artes 07/05/2019

Taís não vai mais interpretar Joana no cinema.
A atriz global Taís Araújo desistiu de interpretar no cinema a história da professora e cientista francana Joana D’Arc Felix. A justificava pela decisão movimentou o cenário artístico. A cor de sua pele foi determinante. “É algo curioso, porque às vezes você pensa que é uma pessoa instruída, e mesmo assim comete falhas. Eu reflito sobre isso o tempo todo. Quando anunciaram que eu ia fazer a Joana D’Arc, tiveram vários comentários criticando, falando ‘Ela é muito clara’. E quando li aquilo, vi que eles estavam totalmente certos”, afirmou Taís.

“Eu não preciso fazer a Joana D’Arc, já faço tanta coisa! Posso fazer o projeto acontecer com uma outra atriz, mais adequada para interpretar a personagem. Porque essa atriz existe, e não sou eu”, disse ela.

A global ressaltou ainda que dar oportunidade para outra atriz de cor mais escura é a forma da luta antirracista não ficar só no papel. “Nosso país tem milhões de problemas, e essa atriz de pele mais escura deve estar cansada de ouvir que não pode fazer um ou outro papel porque não é adequado para ela. Nesse caso, o papel é absolutamente adequado, então ninguém vai dizer que ela não pode fazer.”

O FILME

O longa vai mostrar a trajetória de Joana, desde sua infância pobre em Franca, até conseguir se tornar PhD em química na prestigiada universidade americana de Harvard. Filha de uma empregada doméstica e vinda de uma família sem muitos recursos, Félix batalhou muito para estudar e conquistar vagas na USP, na Unesp e na Unicamp, optando pela última, onde também fez doutorado. Depois seguiu para Harvard para o pós-doutorado.
Hoje ela já soma 56 prêmios em sua carreira. Sua pesquisa mais conhecida diz respeito à utilização de pele suína para transplantes em humanos. A ideia surgiu depois que o parente de uma aluna, aqui de Franca, sofreu um acidente e derrubou ácido sulfúrico em seu corpo, sofrendo diversas lesões.
Segundo a reportagem de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a produção do filme será da Globo Filmes, o roteiro escrito por Álvaro Campos e supervisionado por Patrícia Andrade, e a direção será de Alê Braga.
 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Cinema

CLIMA EM FRANCA

22°
19°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2309
    Sorteio: 09, 11, 29, 30, 33, 60 Data: 17/10/2020
  • Quina: 5394
    Sorteio: 15, 22, 30, 48, 73 Data: 19/10/2020