31 donos de terreno sujo são intimados todo dia pela Prefeitura

Franca Local A- A+ 19/02/2013 Autor(a): Samuel Santos Função: Repórter Foto(s): Marcos Limonti/Comércio da Franca
31 donos de terreno sujo são intimados todo dia pela Prefeitura

Equipe da Prefeitura poda mato no canteiro da Alonso y Alonso próximo à cachoeira

O período de chuvas, propício para o crescimento do mato em terrenos sem manutenção, trouxe trabalho dobrado para os agentes da Vigilância em Saúde de Franca. Segundo o chefe do órgão, José Conrado Dias Neto, 1.422 proprietários já foram notificados por não realizarem limpeza em seus terrenos, desde janeiro até a última sexta-feira. Desses, 37 não respeitaram o prazo de dez dias para a regularização e foram aplicados autos de infrações, determinando um prazo de mais dez dias. Seis multas foram aplicadas e funcionários da Secretaria de Serviços e Meio Ambiente realizaram a limpeza, que deverá ser paga pelo responsável pelo lote.

Em 200 terrenos, espalhados por toda a cidade, as pessoas intimadas foram procuradas pelo órgão para realizar o serviço por três vezes nos endereços fornecidos, mas não foram encontradas. Os proprietários são procurados em três horários diferentes. Com isso, a Prefeitura deu o prazo de 15 dias para a limpeza e publicou edital no Comércio. A última lista, com 68 terrenos, foi divulgada na edição do dia 15.

A Vigilância em Saúde, desde 1º de janeiro deste ano, recebeu uma média de 22 reclamações de terrenos com mato alto. Um dos casos que continuava sem solução até a semana passada é do terreno localizado no cruzamento das ruas Américo Caravieri com João Deocleciano Luz, na Vila Raycos, que também virou depósito de lixo. Foi depositado de tudo no local. “Está parecendo o Magazine Luiza. Tem até sofá, olha lá (...) Rato é o que mais tem, tem de monte. Não sei como não tocaram fogo nisso”, disse o cortador Wagner Antônio Goes, 54, vizinho do local.

No Recanto Elimar II, na rua Dimas dos Santos Pereira, outro terreno com mato alto incomoda a população. “O pessoal, que podia fazer sua parte, joga lixo. Juntou tudo, o erro é um pouco de cada um”, reclamou a auxiliar contábil Maria do Carmo, 45.

PUNIÇÃO
Caso seja constatada irregularidade após denúncia, o proprietário é notificado e tem dez dias para limpar a área. No término do prazo, é aberto um processo administrativo, com mais dez dias para limpeza. Passados 20 dias sem solução, o dono é multado em R$ 300,30 e obrigado a pagar a limpeza feita pela Prefeitura, que custa R$ 2,75 por metro quadrado.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone (16) 3711-9408, ou no Setor de Protocolo da Prefeitura.

Notícias Relacionadas

2 Comentários

  1. 7 pessoas gostaram Gostei

    NO BAIRRO JARDIM PALESTINA TEM TERRENO SUJO ,OS DONOS NAO ESTAO LIMPANDO PEÇO PARA OS FISCAIS PAÇAR LA PARA VER, SERVE SO PARA FICAREM JOGANDO ENTULHOS NOS TERRENOS .

  2. 7 pessoas gostaram Gostei

    Bom dia como está na materia acima nos precisamos denunciar isso é uma vergonha para fiscalização da prefeitura moro na região sul na avenida Paulo VI vejo toda hora os carros da fiscalização passar nessa avenida sera que eles estão segos não estão vendo os terrenos com mato alto tenha paciencia eles estão trabalhando para isso fiscalizar.E outra aqui tem um terreno grande já faiz mais de 30 anos que moro aqui e nunca foi limpo eles só limpam nas beradas isso não é limpeza como a propria prefeitura exige.Senhores fiscais vamos fiscalizar.

Comente esta notícia

Não serão publicadas mensagens/comentários que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto da matéria comentada. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do GCN Comunicação e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Seu comentário não será liberado instantaneamente. Antes, passará por análise da editoria on-line do portal.

*

*

*

Li e concordo com o código de conduta online.